quinta-feira, 2 de julho de 2015

Quando se perde o teto, ganham-se as estrelas!



Como vocês já sabiam fui a Fátima a pé, que desde a minha terrinha até lá são 400km e 10 dias sempre a caminhar. 



Ora vamos lá começar com as actualizações!

Foi muito duro. Apesar de toda a preparação que tinha nada se compara a andar 40/50 km diários!
Mas posso dizer-vos que nunca tinha tomado decisão tão em cima do joelho e tão gratificante!

Fui sem promessa e sem obrigação.

Éramos um grupo de 10 pessoas:

  • A minha mãe - foi por mim e jamais serei capaz de lhe agradecer; 
  • Um casal - foram um pelo outro por motivos de doença ultrapassada e quando for mais velha quero ser capaz de demonstrar tanto amor e carinho como eles; 
  • Duas senhoras - uma pela filha e problemas conjugais e outra pelo marido; 
  • Uma rapariga - foi pelo pai e motivo de doença; 
  • O Sr. A. - foi por ele - e um dia tenho de vos fazer um post sobre ele; 
  • Outro casal - foram com a carrinha a dar-nos apoio.

Foram 10 dias muito intensos. Choveu torrencialmente. Fez calor abrasador. Havia bolhas (excepto eu e a minha mãe) e dores musculares horríveis!

Todos os dias tínhamos uma meta e era "obrigatório" chegar aquele local a menos que acontecesse algo grave. Todos os dias atingimos a meta.
Nessa meta tínhamos um teto para dormir. Dormi o chão, em sacos-cama, em camas, em bombeiros, Casas do Povo e Lares. Encontramos gente tremendamente generosa e gente tremendamente horrível (sim, existem pessoas que negam água)!

Todos os dias tinha imensos pensos para fazer. E deitava-me sempre já passava das 23 horas. Nada de extraordinário se às 4:30 horas da manhã não tivesse que estar de novo acordada e pronta a arrancar.

Ah, esqueci-me de dizer que fiz o trajecto todo com a capa do traje académico comigo. Chegada a Fátima o meu ai esperava-me e deu-me o Cartão da Ordem dos Enfermeiros (ainda não o tinha) no momento da chegada! Nunca nunca nunca chorei tanto na minha vida.

Foram 400km de alegria, dor, garra, vontade, coragem, paz e muita FELICIDADE!




P.S.: Fotografia da minha autoria - não sou eu na imagem - estive 3 horas ali sentada e foi a maior paz que alguma vez senti!

14 comentários:

  1. Arrepiei-me toda só de ler!
    Muitos parabéns **

    ResponderEliminar
  2. Fico feliz por teres conseguido e por te sentires tão bem agora! :)

    ResponderEliminar
  3. Depois de ler o teu post a minha vontade de fazer o mesmo aumentou ;)
    Aind bem que correu tudo bem!

    ResponderEliminar
  4. Muitos parabéns! Ainda bem que correu tudo bem! :)

    ResponderEliminar
  5. Muitos parabéns :) gostava imenso de ir a pé até Fátima, mas tenho perfeita noção que não aguentaria.

    ResponderEliminar
  6. que coragem! segui :)

    http://the-flyagainstthewind.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. quase que chorei ao ler isto! foi uma grande prova e momento na tua vida, parabéns :)

    ResponderEliminar
  8. a minha mãe fez isso e acredito que tenha sido um momento fantástico e de grande fã

    ResponderEliminar
  9. ainda bem querida :)
    Obrigada, as coisas agora estão melhores mas resta saber durante quanto tempo

    ResponderEliminar
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  11. Não te conheço, mas ao ler a última parte fiquei tão feliz por ti! Muitos parabéns :) - pelo cartão e por teres feito esse percurso.

    ResponderEliminar
  12. Eu não sou crente (embora os meus pais me obriguem a frequentar os lugares da religião deles, mas pronto, não acredito), mas admiro imenso a coragem que as pessoas têm para fazer esse tipo de coisas... :)

    ResponderEliminar
  13. É uma prova de esforço e de superação. Admiro imenso a tua coragem!

    ResponderEliminar